App Remar Cidadão coleta informações sobre caranguejo-uçá

A partir de 2 de fevereiro terá início a segunda fase da andada do caranguejo-uçá. E com ela, a Secretaria de Aquicultura e Pesca reforça a utilização da versão 2.0 do aplicativo Remar Cidadão para a coleta e sistematização de dados sobre esse período de defeso da espécie Ucides cordatus e do caranguejo guaiamum.

audio/mpeg 20-01-2022 - E NOTICIA - CARANGUEJO.mp3 — 1920 KB

Duração: 2m02s




Transcrição

A partir de 2 de fevereiro terá  início a segunda fase da andada do caranguejo-uçá.  E com ela, a Secretaria de Aquicultura e Pesca reforça a utilização da versão 2.0 do aplicativo Remar Cidadão para a coleta e sistematização de dados sobre esse período de defeso da espécie Ucides cordatus e do caranguejo guaiamum.  

 

 

O aplicativo é gratuito e está disponível atualmente nos sistemas operacionais Android e IOS, e permite que os atores da cadeia produtiva da pesca e demais cidadãos, em qualquer parte do litoral brasileiro, contribuam com o reporte de informações sobre a andada reprodutiva dos caranguejos. O passo a passo para o acesso está disponívelno site agricultura.gov.br

 

 

 

De acordo com a SAP, a participação dos cidadãos é fundamental para a avaliação e aprimoramento das previsões de andadas e das normativas de defeso dos caranguejos nos anos futuros. 

 

As informações fornecidas por meio do aplicativo também são essenciais para o aprimoramento da gestão desses recursos pesqueiros de extrema importância no Brasil.

 

 

No período da andada do caranguejo-uçá, macho e fêmea saem de suas tocas e andam pelo manguezal para o acasalamento e para a liberação dos ovos, garantindo a continuidade da espécie. 

 

Em 2022, o período de defeso do caranguejo-uçá ocorre em mais quatro datas nas fases da lua nova e lua cheia. A proibição de captura deve ser observada nos estados Amapá, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia.

 

Da Rede Nacional De Rádio em Brasília