Inep começa a receber dados para fazer o Censo Escolar 2021

No dia 23 de agosto, termina o prazo para inserção dos dados da matrícula inicial. Nesta fase, devem ser inseridas no sistema informações atualizadas até 26 de maio sobre os estabelecimentos de ensino, turmas, alunos, gestores e profissionais escolares em sala de aula.

audio/mpeg 20-06-21 - É NOTÍCIA - CENSO ESCOLAR 2021.mp3 — 1534 KB

Duração: 1m38s




Transcrição

O Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, abriu o Sistema Educacenso para a coleta dos dados referentes à primeira etapa do Censo Escolar 2021.

No dia 23 de agosto, termina o prazo para inserção dos dados da matrícula inicial. Nesta fase, devem ser inseridas no sistema, pelos gestores das redes de ensino, informações atualizadas até 26 de maio sobre os estabelecimentos de ensino, turmas, alunos, gestores e profissionais escolares em sala de aula.

Depois dessa data, o Inep e as unidades de ensino farão a conferência, confirmação e retificação das informações declaradas. Os gestores das escolas e das redes de ensino têm que acompanhar todo o processo de declaração para verificar a inserção dos dados e, se necessário, indicar alguma alteração.

Os resultados finais da primeira etapa serão divulgados em 31 de janeiro de 2022.

O Censo Escolar é a principal pesquisa estatística da educação básica e abrange, assim, o ensino regular, a educação especial, a EJA, educação de jovens e adultos, e a educação profissional. O levantamento é coordenado pelo Inep e feito com a colaboração de secretarias estaduais e municipais de Educação, tendo a participação de todas as escolas públicas e privadas do país.

Os dados coletados servem para municiar o governo federal no repasse de recursos a estados e municípios e também para que o Inep planeje as avaliações sobre o sistema de ensino que realiza periodicamente.