Mandetta garante antecipar ajuda emergencial para socorrer Rio de Janeiro

Na última sexta-feira (13), a pasta anunciou reforço de R$ 152 milhões para a saúde do Rio de Janeiro.

audio/mpeg 20-12-19 - E NOTICIA - ZE CARLOS - AJUDA EMERGENCIAL RJ.mp3 — 1312 KB

Duração: 1:23s




Transcrição

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, garantiu nessa quinta-feira (19) a antecipação, até o dia 28 de dezembro, da segunda parcela de R$ 76 milhões da ajuda emergencial do Governo Federal para o socorro à cidade do Rio de Janeiro.

 

Esta parcela estava prevista para pagamento em janeiro de 2020.

 

O anúncio foi feito durante reunião ocorrida nessa quinta-feira (19), com a participação de gestores de saúde do município e do estado do Rio de Janeiro, parlamentares federais e representantes do Ministério Público.

 

Na última sexta-feira (13), a pasta anunciou reforço de R$ 152 milhões para a saúde do Rio de Janeiro.

 

Desse total, R$ 76 milhões já estão na conta do município.

 

Os recursos servirão para garantir a retomada do funcionamento integral de 24 unidades de saúde paralisadas por falta de pagamento de funcionários, que reclamam não receber salários.

 

Na reunião, o ministro Luiz Henrique Mandetta afirmou que serão realizadas reuniões semanais entre União, estado e município, junto com parlamentares para o retorno da normalidade no atendimento à população.

 

Nesta semana, o Ministério da Saúde anunciou ainda a habilitação de novos serviços de saúde no estado do Rio de Janeiro, que passam a contar com mais R$ 56 milhões.

 

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, José Carlos Andrade