INSS prorroga por mais 60 dias prova de vida para aposentados

Com a medida, os beneficiários podem receber os pagamentos do INSS em janeiro e fevereiro mesmo sem a atualização cadastral.

audio/mpeg 21-01-21 - É NOTÍCIA - INSS PROVA DE VIDA - 1m29s - LUCIANO BARROSO.mp3 — 1220 KB

Duração: 1m29s




Transcrição

O INSS prorrogou, por mais dois meses, a suspensão da necessidade da prova de vida para receber aposentadoria ou outros benefícios. Com a medida, os beneficiários podem receber os pagamentos em janeiro e fevereiro mesmo sem a comprovação de vida.

 

A chamada prova de vida é uma obrigação dos aposentados e pensionistas que precisam, uma vez ao ano, comprovar que ainda estão vivos para continuar recebendo o benefício.

 

Essa comprovação é sempre presencial e pode ser feita no banco onde o recurso é depositado, em uma agência do INSS, em embaixadas e consulados ou mesmo na casa do beneficiário com dificuldade de locomoção.

 

A obrigação de apresentar a prova de vida foi suspensa no ano passado por causa da pandemia do novo coronavírus.

 

O beneficiário pode fazer a prova de vida no banco em que recebe o dinheiro, a qualquer momento, mas o INSS não vai cobrar essa comprovação em janeiro e fevereiro.

 

Também foi prorrogada a suspensão da obrigação de comprovação de vida no caso dos militares inativos, pensionistas das forças armadas, militares anistiados e dependentes. O Ministério da Defesa suspendeu a atualização cadastral anual para a prova de vida até o dia 30 de junho deste ano.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília, Luciano Barroso.