Verão tem início hoje no Hemisfério Sul e termina em 20 de março de 2021

O período é caracterizado pela elevação da temperatura em todo país em função da posição do Sol mais ao sul, tornando os dias mais longos que as noites e com mudanças rápidas nas condições de tempo com chuva forte, queda de granizo, vento com intensidade variando de moderada à forte e descargas elétricas

audio/mpeg 21-12-2020_BOLETIM_VERÃO .mp3 — 1465 KB

Duração: 1m33s




Transcrição

O verão no Hemisfério Sul tem início nesta segunda feira e termina no dia 20 de março de 2021 .

 

O período é caracterizado pela elevação da temperatura em todo país em função da posição  do Sol mais ao sul, tornando os dias mais longos que as noites e com mudanças rápidas nas condições de tempo com chuva forte, queda de granizo, vento com intensidade variando de moderada à forte e descargas elétricas. 

 

Segundo o Inmet, Instituto Nacional de Meteorologia, no verão , as chuvas são frequentes em praticamente todo o país, com exceção do extremo sul do Rio Grande do Sul, nordeste de Roraima e leste do Nordeste, onde geralmente as chuvas são em volumes inferiores a 400 milímetros. 

 

 

Nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, as chuvas neste período são ocasionadas principalmente pela atuação da Zona de Convergência do Atlântico Sul , enquanto que no norte das regiões Nordeste e Norte, a Zona de Convergência Intertropical é o principal sistema responsável pela ocorrência de chuva.

 

 

Em média, os maiores volumes de precipitação podem ser observados sobre as regiões Norte e Centro-Oeste, com totais na faixa entre 700 e 1.100 milímetros.

 

 

O inseto informa que Devido  às características climáticas, com grandes volumes de chuva, o verão no Brasil tem singular importância para atividades econômicas como a agropecuária, a geração de energia, por meio das hidrelétricas, e para a reposição hídrica e manutenção dos reservatórios de abastecimento de água em níveis satisfatórios.