Ministério de Saúde estima vacinar contra a Covid 19 mais de 410 mil indígenas e 20 mil profissionais de saúde que atuam nas aldeias

A imunização será feita em mais de seis mil aldeias dos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas do país

audio/mpeg 22-01-2021_BOLETIM_VACINAÇÃO INDÍGENAS.mp3 — 2669 KB

Duração: 1m53s




Transcrição

Com a chegada da vacina Coronavac contra a Covid 19  no Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) de Pernambuco, nos próximos dias, mais de 25 mil indígenas aldeados e trabalhadores indígenas de saúde serão vacinados na região.

 

O Ministério de Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), estima vacinar contra a Covid 19 mais de 410 mil indígenas e 20 mil profissionais de saúde que atuam diretamente no atendimento à população indígena.

 

A imunização acontece em mais de seis mil aldeias dos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas do país. 

 

As equipes dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas são as responsáveis pelo transporte das Vacinas  e insumos para as aldeias indígenas por meio de deslocamento fluvial, terrestre e aéreo. 

 

O Ministério da Defesa e as Forças Armadas também são parceiras de logística nesta ação.

 

De acordo com o levantamento da SESAI, o Brasil tem aproximadamente 755 mil indígenas sob responsabilidade do Subsistema de Atenção à Saúde Indígena.

 

Desse total , 410 mil são maiores de 18 anos e serão imunizados neste primeiro lote. 

 

A SESAI é responsável exclusivamente pela população indígena que vive em terras aldeadas. 

 

Os indígenas que vivem em centros urbanos serão imunizados pelos serviços municipais ou estaduais de saúde, de acordo com o cronograma de cada localidade. 

 

Toda a população indígena, assim como a população brasileira, será vacinada durante a Campanha de Vacinação contra a Covid-19, de acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Campanha.