Imposto de Renda da Pessoa Física: 1.200 declarações tinham deduções indevidas

A Receita informou que somente as deduções referentes à pensão alimentícia incluídas indevidamente nas declarações transmitidas correspondem a um valor de R$ 15 milhões.

audio/mpeg 22-06-20 - É NOTÍCIA - IRRF - 59S - FINALIZADO.mp3 — 1399 KB

Duração: 0:59s




Transcrição

Cerca de MIL e 200 declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física dos exercícios de 2015 a 2019 tinham deduções indevidas relativas à pensão alimentícia e inclusão de dependentes, bem como de despesas médicas.

 

Com isso, os contribuintes ganhavam uma redução do valor do imposto a pagar ou o aumento da restituição.

 

As informações são da Receita Federal.

 

De acordo com a Receita, somente as deduções referentes à pensão alimentícia incluídas indevidamente nas declarações transmitidas correspondem a um valor de R$ 15 milhões.

 

Os contribuintes que foram notificados do erro informaram que as deduções, informadas em desacordo com o que prevê a legislação, foram inseridas em suas declarações por um profissional e sem autorização deles.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Adalto Gouveia