Procura por voos domésticos no país tem queda de 85% para o mês de junho

O setor foi fortemente atingido pela pandemia de Covid-19

audio/mpeg 22-07-2020_BOLETIM_TRANSPORTE AÉREO.mp3 — 1399 KB

Duração: 1m22s




Transcrição

Em razão da pandemia do coronavírus , os dados do transporte aéreo têm registrado queda desde março deste ano.

 

Nos meses de abril, maio e junho, esses indicadores sofreram reduções mais bruscas, justificadas pela redução de voos entre os estados brasileiros, que no início da pandemia chegou a ser de 91,6% .

 

Em junho, a demanda por voos no mercado doméstico teve queda de 85% na comparação com junho de 2019. 

 

 

Contudo, o percentual de junho apresenta melhora, considerando que em maio, teve redução  de 91%  e em abril , apresentou queda de 93,1%. 

 

 

A oferta de voos no mercado doméstico apresentou  retração de 83,6% em junho, 89,6% em maio e 91,4% em abril. 

 

 

Em abril, ocupação das aeronaves foi de  65,4% de aproveitamento em abril. Entretanto, este indicador subiu, em maio, para 70,7% e seguiu o crescimento em junho, apresentando 74,6% de ocupação nas aeronaves em voos domésticos . Este indicador está diretamente relacionado a quantidade de passageiros transportados.

 

Outras informações sobre a pesquisa no site Anac.gov.br.