Vinte milhões de pessoas não completaram o esquema vacinal da Covid-19

Para garantir a máxima proteção contra a Covid-19, tomar a segunda dose da vacina se faz extremamente necessário e indispensável.

audio/mpeg 22-10-2021_BOLETIM_VACINAÇÃO 2ª DOSE.mp3 — 2639 KB




Transcrição

Dados  do Ministério da Saúde apontam que mais de 20 milhões de brasileiros deixaram de voltar ao posto de vacinação para completar o esquema vacinal. 

 

Para garantir a máxima proteção contra a Covid-19, tomar a segunda dose da vacina se faz extremamente necessária e indispensável. 

 

Caso não houvesse descumprimento da recomendação, o Brasil já teria mais de 80% da público-alvo completamente vacinado contra a Covid-19.

 

 

Quem vai ao posto de vacinação tomar a primeira dose já sabe quando precisa retornar para completar o esquema vacinal. O Ministério da Saúde reforça a importância dessa ação dentro do intervalo recomendado para cada imunizante. 

Só assim as vacinas irão atingir a efetividade necessária contra a Covid-19.

 

 

O boletim epidemiológico divulgado todos os dias pela Pasta revela que a média móvel de óbitos registra uma queda de 87% se comparado com o pico da pandemia. 

 

Para o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o Brasil assiste a um cenário pandêmico bem mais arrefecido do que foi visto em abril deste ano, quando a média móvel de mortes pela doença estava em 3 mil, por conta da ampla campanha de vacinação, considerada a maior campanha da história do Brasil.

 

Até o momento, o Ministério da Saúde enviou aos estados e o Distrito Federal mais de 320 milhões de doses de vacina Covid-19. 

 

 

Como resultado de uma ampla campanha de vacinação, o Brasil chega hoje a quase 95% do público-alvo vacinados com a primeira dose. Além disso, 69,9% completaram o esquema vacinal com as duas doses ou dose única do imunizante no braço. Vale lembrar que a Pasta iniciou o reforço na população. 

 

 

Mais de 4 milhões e 600 mil receberam o reforço na imunização.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília