Fiocruz recebe hoje mais 2 milhões de doses da vacina contra a Covid-19

Os imunizantes têm previsão de chegada no Brasil às 6 e 55 da manhã pelo aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

audio/mpeg 23-02-2021_BOLETIM_VACINA ASTRAZENECA.mp3 — 2518 KB

Duração: 1m47s




Transcrição

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebe, nesta terça-feira (23/2), mais 2 milhões de doses prontas da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Astrazeneca/Oxford.

 

Os imunizantes, provenientes do Instituto Serum, da Índia, embarcaram de Mumbai nesta segunda-feira (22/2), e têm previsão de chegada no Brasil às 6h55, pelo aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. 

 

O material seguirá para o Rio de Janeiro após os trâmites alfandegários em voo solidário, disponibilizado pela empresa Latam Airlines Brasil, e desembarca no aeroporto internacional do Rio, o Galeão.

 

As vacinas serão encaminhadas para o laboratório de Bio-Manguinhos da Fiocruz, onde irão passar por conferência de temperatura e integridade da carga, além de receber etiquetas com informações em português e terão amostras encaminhadas para análise de protocolo e liberação pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde da fundação.

 

O processo acontecerá ao longo do dia e a previsão é de que as doses estejam prontas ainda na madrugada desta quarta-feira (24).

 

A negociação com a AstraZeneca e o Instituto Serum incluiu a aquisição de um total de 10 milhões de vacinas importadas, além de 2 milhões de vacinas entregues ao Programa Nacional de Imunizações no dia 24 de janeiro.   

 

As 8 milhões de doses restantes serão importadas ao longo dos próximos dois meses, em cronograma ainda a confirmar. 

 

A importação de doses prontas da vacina é uma estratégia da Fiocruz paralela à produção de imunizantes a partir da chegada do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), para acelerar o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.