Ministério da Economia utiliza reserva orçamentária para evitar novo contingenciamento aos ministérios

governo também decidiu recompor o limite dos ministérios da Educação, em R$ 1 bilhão E 600 mil reais, e do Meio Ambiente, em mais R$ 56 milhões de reais

audio/mpeg 23-05-19 - ROSAMELIA - RESERVA ORCAMENTO - VAL 26-05.mp3 — 2076 KB

Duração: 1m28s




Transcrição

Parte da reserva orçamentária constituída pelo Ministério da Economia em março, para ações emergenciais, foi utilizada neste mês de maio para evitar novo contingenciamento aos Ministérios e para recompor limite orçamentário das pastas Educação e Meio Ambiente.

De acordo com o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues,, mesmo com a queda nas receitas administradas pela Receita Federal, a reserva já existente possibilitou evitar novo contingenciamento.

O governo também decidiu recompor o limite dos ministérios da Educação, em R$ 1 bilhão E 600 mil reais, e do Meio Ambiente, em mais R$ 56 milhões de reais. Com isso, ambas as pastas voltarão ao limite que havia sido dado antes do contingenciamento de março.

No decreto de programação orçamentária de março, havia sido reservado R$ 5,4 bilhões. Segundo o secretário, desse total, R$ 2,166 bilhões foram agora utilizados como esforço fiscal do Poder Executivo para cumprimento da meta de déficit primário.