MEC quer facilitar acesso a oportunidades no mercado de trabalho

Para ajudar pessoas com formação técnica, foi lançada a plataforma Monitor de Profissões, que identifica onde há mais oferta de vagas e as ocupações com alta competitividade.

audio/mpeg 24-09-21 - É NOTÍCIA - MONITOR DE PROFISSÕES - 1M22S - FINALIZADO.mp3 — 1924 KB

Duração: 1m22s




Transcrição

O Ministério da Educação lançou um serviço para facilitar o acesso a oportunidades no mercado de trabalho na área técnica.

É a plataforma Monitor de Profissões, que cataloga as demandas por profissionais em cada região. A solução está disponível no site do ministério e funciona em conjunto com outra novidade, o Mapa de Demandas.

O objetivo é identificar as profissões que estão com alta oferta de vagas e mostrar aos estudantes de cursos técnicos formas de acessar as oportunidades.

Em entrevista concedida à Voz do Brasil, programa veiculado pela EBC, Empresa Brasil de Comunicação, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, disse que o Brasil conta com mais de 600 mil vagas de trabalho de nível técnico ociosas.

Com o Monitor de Profissões, a ideia é diminuir o número de vagas não preenchidas, usando bancos de dados inteligentes que informam quais ocupações possuem mais ofertas e quais estão com alta competitividade.

Milton Ribeiro disse ainda que a plataforma de ensino a distância do ministério, chamada Aprenda Mais, oferece 60 cursos técnicos e profissionalizantes e tem como meta ter 160 mil matrículas até 2022.

Com informações da Agência Brasil, da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé