Presidente Bolsonaro deve acompanhar situação de Brumadinho neste sábado após rompimento de barragem

O porta-voz da Presidência da República, general Otávio Santana do Rêgo Barros, disse na tarde desta sexta-feira (25), que o presidente Jair Bolsonaro deve ir este sábado pela manhã até Brumadinho, em Minas Gerais, acompanhar de perto a situação no local após o rompimento de uma barragem de rejeitos da mineradora Vale. Não há informações oficiais até o momento sobre o número de feridos.

audio/mpeg 25-01-19 - É NOTÍCIA - ANA PIMENTA - BOLETIM ROPIMENTO BARRAGEM - VAL 25-01 - TEMPO 01m19s - PM.mp3 — 1855 KB

Duração: 1m19s




Transcrição

O porta-voz da Presidência da República, general Otávio Santana do Rêgo Barros, disse na tarde desta sexta-feira, que o presidente Jair Bolsonaro deve ir este sábado pela manhã até Brumadinho, em Minas Gerais, acompanhar de perto a situação no local após o rompimento de uma barragem. Não há informações oficiais até o momento sobre o número de feridos.

O porta-voz anunciou a criação de um gabinete de crise com a participação de quatro ministérios para ajudar o governo de Minas Gerais.

Além do presidente Jair Bolsonaro, os ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto devem viajar até a região atingida pelo rompimento da barragem.