Ministério da Saúde dá início à distribuição de mais 3,2 milhões de vacinas contra a covid 19

Os imunizantes distribuídos para os estados e o Distrito Federal são dos laboratórios AstraZeneca/Oxford e do Instituto Butantan.

audio/mpeg 25-02-2021_BOLETIM_NOVA DISTRIBUIÇÃO DE VACINAS CONTRA COVID.mp3 — 1771 KB

Duração: 1m15s




Transcrição

O Ministério da Saúde dá início à distribuição de mais 3 milhões e 200 mil doses de vacinas contra a Covid-19 para ampliar a imunização da população entre o fim de fevereiro e o início de março. 

 

Todos os estados e Distrito Federal começam a receber 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford, importadas da Índia, e 1 milhão e 200 mil doses do imunizante Coronavac do Instituto Butantan.

 

 

A chegada de mais vacinas vai permitir a ampliação da vacinação para outros grupos prioritários.

 

Agora, serão priorizadas pessoas de 85 a 89 anos e  de 80 a 84 anos, além de 3.837 indígenas e 8% dos trabalhadores da saúde.

 

 

O envio das doses aos estados ocorre de forma proporcional e igualitária, junto com as indicações do público-alvo de cada fase da campanha, segundo o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. 

 

Devido à situação epidemiológica, a região Norte do país irá receber 5% do total de doses de vacinas em cada fase de distribuição.