Embrapa vai ajudar na realização de testes para detectar coronavírus

Empresa coloca à disposição do governo centros de pesquisa sua estrutura instalada de equipamentos, produtos e pessoal

audio/mpeg 25-03-2020_BOLETIM EMBRAPA.mp3 — 1393 KB

Duração: 1m19s




Transcrição

Os centros de pesquisa da Embrapa estão colocando à disposição do governo federal sua estrutura instalada de equipamentos, produtos e pessoal para ajudar na realização de testes laboratoriais para identificação da Covid-19. 

 

Os testes estão baseados no uso do equipamentos também usados em estudos de biologia molecular.

 

 

A contribuição atende pedido do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que está atuando em parceria com o Ministério da Saúde. 

 

 

Os laboratórios da Embrapa vão poder ser utilizados na etapa de detecção do material genético do coronavírus nas amostras recebidas. 

 

Os testes serão supervisionados pelo Ministério da Saúde em conjunto com a Fundação Osvaldo Cruz - Fiocruz e o Instituto Adolfo Lutz. 

 

 

A capacidade instalada na Embrapa indica a possibilidade de uso de 47 laboratórios. As estruturas geralmente são usadas para tarefas como detecção de genes de plantas, animais e microrganismos e podem ter seu uso adaptado para a necessidade prevista pelo Ministério da Saúde. 

 

Com base na infraestrutura disponível a Embrapa pode, potencialmente, contribuir com quase 43 mil análises por dia.