Empresa parceira da OMS vai investir US$ 20 milhões de dólares para pesquisa sobre Doença de Chagas

Característica de países de clima tropical, a doença de Chagas está presente em 21 países da América Latina, incluindo o Brasil

audio/mpeg 26-11-19 - AMERICA MELO - DOENÇA DE CHAGAS.mp3 — 1399 KB

Duração: 1m29s




Transcrição

A pedido do Brasil, a doença de Chagas será estudada pela instituição Unitaid, parceira da Organização Mundial da Saúde na busca por soluções inovadoras no diagnóstico e tratamento de doenças.

 

Característica de países de clima tropical, a doença de Chagas está presente em 21 países da América Latina, incluindo o Brasil e atinge cerca de 7 milhões de pessoas em todo o mundo.

 

Em média, são 4.500 vítimas fatais a cada ano no Brasil. Por isso, a importância de investimentos em pesquisa para buscar formas de prevenção e cuidado das pessoas que contraíram a doença, com apoio internacional, para que outros países também possam contribuir para conter a doença de chagas.

 

Nesta segunda-feira foi lançado o edital para financiar pesquisas em doença de Chagas, que vai receber propostas até dia 27 de fevereiro no valor de US$ 20 milhões de dólares, durante quatro anos.

 

Podem participar pesquisadores brasileiros e estrangeiros. Um comitê de revisão da Unitaid, composto por especialistas independentes em saúde global, vai ajudar a escolher as melhores propostas a serem financiadas por meio de processo seletivo.

 

A iniciativa é considerada pioneira por destinar recursos específicos para o estudo da doença. Este é o maior investimento sobre Chagas realizado em uma ação Internacional.