Secretaria Nacional do Consumidor alerta população sobre cuidados nas compras digitais durante a Black Friday

Dentre as orientações estão medidas simples como conhecer a reputação da loja, guardar os registros de compras e pesquisar se o site tem conexões seguras para evitar que o consumidor caia em armadilhas

audio/mpeg 26-11-2020_BOLETIM_SEMANA BLACK FRIDAY - SENACON.mp3 — 2440 KB

Duração: 1m42s




Transcrição

A Secretaria Nacional do Consumidor alerta população sobre cuidados nas compras digitais durante a Black Friday, marcada para o dia  27 de novembro.

 

Para  quem planeja adquirir produtos em promoção , a Secretaria Nacional do Consumidor preparou uma lista de dicas para alertar os consumidores em relação aos cuidados para se fazer um bom negócio. 

 

Dentre as orientações divulgadas por meio das redes sociais e da página do Ministério da Justiça e Segurança Pública, estão medidas simples como conhecer a reputação da loja, guardar os registros de compras e pesquisar se o site tem conexões seguras  para evitar que o consumidor caia em armadilhas.

 

 

De acordo com o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor , as demandas em “relação à internet” registradas, de janeiro a outubro, nos órgãos de proteção e defesa do consumidor mais que dobraram quando comparadas ao mesmo período de 2019. 

 

As principais solicitações estão relacionadas ao vestuário como calçados, roupas e acessórios.

 

O principal problema relatado pelos consumidores é a não entrega ou a demora na entrega do produto.

 

A Secretaria Nacional do Consumidor   chama atenção para a possibilidade do consumidor formalizar uma reclamação, sem sair de casa, por meio do portal consumidor.gov.br

 

A plataforma do Governo Federal é gratuita e possibilita o contato direto com o fornecedor. 

 

A Senacon informa  que 80% das demandas são resolvidas pelo portal com prazo médio de até sete dias de resposta das empresas participantes.