Direitos de crianças e adolescentes vão estar disponíveis em Libras

Uma parceria entre o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e a Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura produzirá material informativo adaptado sobre o tema

audio/mpeg 27-11-20 - É NOTÍCIA - DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES-LIBRAS - AMERICA.mp3 — 1452 KB

Duração: 1m02s




Transcrição

Pessoas surdas e com deficiência auditiva poderão conhecer os direitos de crianças e adolescentes por meio da Língua Brasileira de Sinais -Libras.

 

 

Uma parceria entre o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos  e a Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura produzirá material informativo adaptado sobre o tema.

 

 

Mais de R$ 175 mil reais serão destinados para a iniciativa, que tem o apoio da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente .

 

A produção do material será feita pela Federação Nacional de Educação e Integração de Surdos do Rio Grande do Sul.

 

O objetivo da ação é ampliar e fortalecer processos e estratégias de participação social em espaços de discussão e proposições relacionados aos direitos da criança e do adolescente.