Mais Médicos prorroga contrato de trabalho de 2.408 profissionais que atuam no enfrentamento da pandemia da covid 19

Governo federal prioriza manter os profissionais atuando nos serviços de saúde e ampliar a assistência médica nos municípios brasileiros para diagnóstico e tratamento em tempo oportuno

audio/mpeg 27-11-20 - É NOTÍCIA - MAIS MEDICOS - AMERICA.mp3 — 2438 KB

Duração: 1m44s




Transcrição

Desde o início da pandemia causada pelo coronavírus no Brasil, o Ministério da Saúde vem reforçando o atendimento à população com a prorrogação de quatro ciclos do programa Mais Médicos. 

 

 

No total, 2.408 profissionais médicos foram automaticamente mantidos em seus postos de trabalho no enfrentamento da Covid-19. 

 

Manter os profissionais atuando nos serviços de saúde e ampliar a assistência médica nos municípios brasileiros para diagnóstico e tratamento em tempo oportuno é prioridade do Governo Federal.  

 

 

Desse total , cerca de 1.854 profissionais seguem prestando assistência nos postos de saúde após terem seus contratos prorrogados em marçomaio e outubro de 2020. 

 

Outros 554 médicos também estão aptos a continuar trabalhando nos serviços da Atenção Primária. 

 

Eles foram selecionados no 15º ciclo do projeto, em 2017, e teriam o contrato finalizado em janeiro de 2021. 

 

 

Com a prorrogação de um ano, definida por edital publicado em 18 de novembro, os profissionais podem permanecer no programa até janeiro de 2022. 

 

A renovação dos contratos dos médicos é automática. A lista final dos profissionais que tiveram a prorrogação validada está prevista para o início de dezembro, conforme cronograma. A divulgação será feita pelo site maismedicos.gov.br