Exército participa das ações em busca por sobreviventes na tragédia do rompimento da barragem de Brumadinho

Mais de 900 militares estão participando das operações

audio/mpeg 28-01-19 - ROSAMELIA - EXERCITO BRUMANDINHO - VAL 28-01.mp3 — 1779 KB

Duração: 1m15s




Transcrição

O Exército está participando da busca por sobreviventes na tragédia do rompimento da barragem de Brumadinho, Minas Gerais.

 

Cerca de 900 militares operacionais estão atuando nas ações, incluindo tropas de Polícia do Exército com cães farejadores. 38 militares da área de saúde, como médicos, enfermeiros e assistentes e 10 ambulâncias.

 

Além disso, estão disponíveis 132 viaturas diversas, incluindo caminhões, ônibus e cisternas, 140 barracas e toldos, 95 camas de campanha e 360 colchões.

 

Também estão sendo empregados: Um Helicóptero do Exército para reconhecimento aéreo; toldos e barracas de campanha para apoio aos trabalhos de identificação de corpos; e equipamentos móveis de telecomunicação, como telefones e rastreadores via satélite .

 

Estão disponíveis também outros dois helicópteros, sendo um da Marinha e outro da Força Aérea Brasileira, tripulados por equipes de busca e salvamento.

 

Outros meios militares poderão vir a ser empregados em caso de necessidade.