Serão divulgados nesta quinta-feira os resultados da Operação Resgate para combater o trabalho escravo

A ação realizada pela Polícia Federal, Ministério Público do Trabalho, Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, Ministério Público Federal e Defensoria Pública da União teve início na semana passada e segue em andamento

audio/mpeg 28-01-2021_BOLETIM_COMBATE AO TRABALHO ESCRAVO.mp3 — 1631 KB

Duração: 1m09s




Transcrição

Serão  divulgados  nesta quinta-feira os resultados  da Operação Resgate, ação conjunta realizada em todo o país para  combater o trabalho análogo à escravidão.

 

 

A ação realizada pela Polícia Federal, Ministério Público do Trabalho, Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, Ministério Público Federal e Defensoria Pública da União teve início na semana passada e segue em andamento.

 

 

Aproximadamente 300 policiais federais, 100 auditores fiscais do trabalho, 29 procuradores do trabalho, 78 agentes de segurança institucional, 12 defensores públicos federais e procuradores federais participam da Operação.

 

 

Além do resgate dos trabalhadores, a ação integrada dos órgãos federais tem como objetivo a verificação do cumprimento das regras de proteção ao trabalho, a coleta de provas para garantir a responsabilização criminal daqueles que lucram com a exploração e a reparação dos danos individuais e coletivos causados aos resgatados.

 

 

A divulgação dos dados  será transmitida no canal da Polícia Federal no Youtube.