Secom informa que reportagens sobre campanha sugerindo a retomada das atividades econômicas no país são falsas

Secretaria garante que campanha "O Brasil não Pode Parar" não existe

audio/mpeg 28-03-20 ROSAMELIA NOTA OFICIAL SECOM.mp3 — 1905 KB




Transcrição

A Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República divulgou nota neste sábado (28) em que informa que não há qualquer campanha publicitária ou peça oficial do governo federal  chamada O Brasil não Pode Parar.

Um vídeo que circula nas redes sociais e é atribuído à campanha sugere a retomada das atividades econômicas no país. 

 

De acordo com reportagens veiculadas na imprensa, a campanha teria custado R$ 48 milhões de reais ao governo federal. Segundo a Secom, trata-se de fake news.

O texto da nota informa que  não houve qualquer gasto ou custo para a Secom, já que a campanha não existe”.  

 

Na última sexta-feira (27), a secretaria havia divulgado nota afirmando que o vídeo foi produzido em caráter experimental, a custo zero e sem avaliação e aprovação da Secom”.

 “A peça seria proposta inicial para possível uso nas redes sociais, que teria que passar pelo crivo do Governo. Não chegou a ser aprovada e tampouco veiculada em qualquer canal oficial do Governo Federal”, acrescenta o comunicado.