INSS autoriza prova de vida em bancos com procurador ou representante legal

A medida vale quando se tratar de beneficiários com idade igual ou superior a 60 anos

audio/mpeg 28-07-2020_BOLETIM_PROVA DE VIDA INSS.mp3 — 850 KB

Duração: 48s




Transcrição

O Instituto Nacional do Seguro Social autorizou os bancos a realizarem a comprovação de vida por meio de procurador ou representante legal sem o prévio cadastramento junto ao INSS quando se tratar de beneficiários com idade igual ou superior a 60 anos.

 

 

A medida visa a proteção de aposentados e pensionistas enquanto estiver em vigência o estado de calamidade devido à pandemia provocada pelo coronavírus.

 

 

A prova de vida é obrigatória para os segurados do INSS que recebem seu benefício por meio de conta-corrente, conta poupança ou cartão magnético. 

 

Anualmente, os segurados devem comprovar que estão vivos, como forma de dar mais segurança ao próprio cidadão e ao Estado brasileiro, evitando fraudes e pagamentos indevidos de benefícios.