Ministério do Trabalho consegue recuperar mais de R$2 bilhões de dívidas de FGTS e Contribuição Social

Fiscalizações do Ministério do Trabalho contra a sonegação do FGTS, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e da Contribuição Social resultaram em mais de 2 bilhões e 400 milhões de reais em notificações e recolhimentos de janeiro a junho deste ano.

audio/mpeg 28-08-18 - ROSAMELIA DE ABREU - FISCALIZACZO MINISTERIO DO TRABALHO.mp3 — 792 KB

Duração: 50s




Transcrição

Fiscalizações do Ministério do Trabalho contra a sonegação do FGTS, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e da Contribuição Social resultaram em mais de 2 bilhões e 400 milhões de reais em notificações e recolhimentos de janeiro a junho deste ano.

 

O resultado é 4,3% superior ao verificado no mesmo período do ano passado.

 

As ações foram realizadas em mais de 20 mil estabelecimentos de todos os estados brasileiros.

Os fiscais emitiram cerca de 9 mil notificações de dívidas de FGTS e Contribuição Social que beneficiaram aproximadamente 1 milhão e 100 mil trabalhadores.