Brasil terá unidade da Universidade de Oxford

A parceria inédita entre o Brasil e a universidade britânica foi anunciada pelo ministro da Saúde , Marcelo Queiroga.

audio/mpeg 28-10-21 - E NOTICIA - DILSON SANTA FE - UNIVERSIDADE DE OXFORD.mp3 — 979 KB

Duração: 1m03s




Transcrição

O Brasil terá uma unidade da  Universidade de Oxford para  novas pesquisas, produção de vacinas e medicamentos e formação de pesquisadores. 

 

 

A parceria inédita entre o Brasil  e a universidade britânica foi anunciada pelo ministro da Saúde , Marcelo Queiroga ,nessa quarta-feira (27).

 

A medida foi celebrada com a assinatura de um termo de compromisso entre o Ministério da Saúde e a instituição inglesa. Essa será a primeira unidade da universidade nas Américas. A previsão é que seja instalada até o ano que vem.

 

A parceria com o Brasil vai priorizar a pesquisa em saúde global, além da formação de novos profissionais na área de doenças infecciosas, pesquisas clínicas e desenvolvimento de imunizantes. 

 

A unidade brasileira terá cursos de mestrado, PHD e atualização para profissionais. O centro ainda terá as atividades focadas no desenvolvimento clínico de novas medicamentos e vacinas.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília