Técnicos vistoriam unidades de conservação que podem sofrer com a lama do rompimento da barragem em Brumadinho

A estação Ecológica de Pirapitinga, em Três Marias, e a reserva de Inhotim e a Floresta Nacional de Inhotim

audio/mpeg 29-01-19 - ROSAMELIA - VISTORIA 3 MARIAS - VAL 29-01.mp3 — 1973 KB

Duração: 1m24s




Transcrição

 

Nesta terça-feira , está prevista a chegada à região do rompimento da barragem de Brumadinho ,em Minas Gerais , de especialistas do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Répteis e Anfíbios e do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade do Cerrado para ajudar nos trabalhos de vistoria nas áreas ambientais.

 

 

O ICMBio mantém em Três Marias uma unidade de conservação de proteção integral, a Estação Ecológica de Pirapitinga. A unidade fica numa ilha no interior da represa. Além de servir a pesquisas, a estação é responsável por projeto de recuperação da vegetação do Cerrado.

 

O ICMBio está monitorando também outras duas unidades de conservação que ficam próximas ao local do, em Brumadinho. A Reserva Particular do Patrimônio Natural Inhotim e a Floresta Nacional de Paraopeba.

 

A Reserva de Inhotim fica bem ao lado da barragem, mas não foi atingida pelos dejetos. Já a Floresta Nacional de Paraopeba também apresenta pouco risco porque entre ela e o curso do rio há um cinturão de proteção formado pelo núcleo urbano do município de Paraopeba.