MS mantém ações de enfrentamento à Covid-19 em Rondônia

Entre as ações estão a transferência de pacientes para outros estados, o envio de material médico e a Força Nacional do SUS atua para diagnóstico da rede hospitalar do Sistema Único de Saúde, com o objetivo de desafogar a saúde pública local.

audio/mpeg 29-01-2021_BOLETIM_RONDÔNIA COVID.mp3 — 2371 KB

Duração: 1m41s




Transcrição

O Ministério da Saúde segue ampliando as ações para auxiliar Rondônia no enfrentamento à Covid-19. 

Nesta semana, 22 pacientes foram transferidos para outros estados – 13 para Curitiba, no Paraná, e 9 para Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. A ação tem apoio da Força Aérea Brasileira (FAB).

 A Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde disponibilizou o banco de dados do Ministério da Saúde para que seja realizada a contratação de médicos para atuarem no combate à pandemia.

Desde o dia 25 de janeiro, 66 médicos foram disponibilizados para atuar em Rondônia. O responsável pela contratação dos profissionais é o gestor local. 

Foram enviados ao estado, também, equipamentos de proteção individual e insumos como óculos e protetores faciais; máscaras cirúrgicas; sapatilhas e toucas; ventiladores pulmonares de UTI; e ventilador pulmonar de transporte. 

Além disso, a Força Nacional do SUS está atuando em Rondônia para diagnóstico da rede hospitalar do Sistema Único de Saúde, com o objetivo de desafogar a saúde pública local.

Já foi providenciado também o envio ao estado de equipamentos para abrir novos leitos, como monitores e ventiladores pulmonares, além de insumos para intubação de pacientes com Covid-19 .

O Ministério da Saúde continua monitorando o cenário epidemiológico de Rondônia e, conforme a necessidade, novas ações podem ser executadas pelo Governo Federal para dar suporte ao estado e aos municípios no combate à pandemia da Covid-19.