Entra em vigor nesta terça-feira, 30 de abril, o novo Código de Ética Médica

O novo texto estabelece limites, compromissos e direitos assumidos pelos médicos no exercício da profissão

audio/mpeg 30-04-19 - ROSAMELIA - CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA - VAL 06-05.mp3 — 2083 KB

Duração: 1m28s




Transcrição

Entra em vigor nesta terça-feira, 30 de abril, o novo Código de Ética Médica.

 

A versão atualizada traz um conjunto de princípios que estabelece limites, compromissos e direitos assumidos pelos médicos no exercício da profissão.

Entre as principais novidades, está o respeito ao médico com deficiência ou doença crônica, assegurando-lhe o direito de exercer suas atividades profissionais nos limites de sua capacidade e também sem colocar em risco a vida e a saúde de seus pacientes.

Também ficou definido que o uso das mídias sociais pelos médicos será regulado por meio de resoluções específicas, o que vale também para a oferta de serviços médicos à distância mediados por tecnologia.

Outro avanço incorporado ao Código é a obrigação da elaboração do sumário de alta e entrega ao paciente quando solicitado.

Esse documento é importante por facilitar a transição do cuidado de uma forma mais segura, orientando a continuidade do tratamento do paciente e realizando a comunicação entre os profissionais e entre serviços médicos de diferentes naturezas.