Governo Federal viabiliza transferência de líderes de massacre em presídio no Pará

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, informou que foram disponibilizadas vagas em presídios federais para isolar os responsáveis pela barbárie.

audio/mpeg 30-07-19 - ROSAMELIA - REBELIAO ALTAMIRA - VAL 30-07.mp3 — 1102 KB

Duração: 1m10s




Transcrição

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, informou pelas redes sociais que o Governo Federal está agindo para auxiliar o governo do Pará diante da rebelião em presídio em Altamira, no Pará.

 

O ministro afirmou que de imediato, serão disponibilizadas vagas em presídios federais para isolar os responsáveis pela barbárie.

 

Para o ministro, os responsáveis deveriam ficar recolhidos para sempre em presídios federais.

 

Sergio Moro informou também que a Força Nacional foi mobilizada e ações de inteligência foram intensificadas para acompanhar as repercussões e agir de imediato se for necessário.

 

Foram confirmadas as mortes de 57 detentos, sendo que 16 foram decapitados.

 

Dez dos 16 identificados como líderes das facções criminosas, que comandaram o ato, vão para o presídios federais.O restante será redistribuído pelos presídios do Estado.