Grávidas, puérperas e lactantes entram para grupo prioritário

Adolescentes com comorbidades e privados de liberdade também serão incluídos definitivamente no grupo prioritário para tomar a vacina contra a covid-19

audio/mpeg 30-07-20 - É NOTICIA GRAVIDAS E ADOLESCENTES VACINA COVID.mp3 — 1027 KB

Duração: 1m02s




Transcrição

O governo federal incluiu de forma definitiva as gestantes, puérperas e lactantes, com ou sem comorbidades, no grupo prioritário de vacinação contra a covid-19.

Crianças e adolescentes com deficiência permanente, com comorbidades, ou privados de liberdade também fazem parte do grupo prioritário a partir de agora.

A inclusão de gestantes e adolescentes no grupo foi motivada por uma decisão do Supremo Tribunal Federal.

A vacina da Pfizer contra a covid-19 foi a primeira a receber o registro definitivo no Brasil. Em junho, o imunizante fabricado pelo laboratório norte-americano recebeu autorização da Anvisa para aplicação em grupos com 12 anos de idade ou mais.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou a vacinação de adolescentes com idades entre 12 e 17 anos deve começar assim que a vacinação de maiores de 18 anos for concluída.