IBAMA combate fraudes em autorizações para retirada de vegetação nativa em Mato Grosso

O Ibama e o Ministério Público do Mato Grosso realizaram operação no estado para combater fraudes em autorizações para retirada de vegetação nativa. A ação resultou, até o momento, na aplicação de 41 autos de infração, que totalizam R$ 9 milhões de reais em multas.

audio/mpeg 31-08-18 - ROSAMELIA DE ABREU - IBAMA - VAL 01-09.mp3 — 1219 KB

Duração: 1m17s




Transcrição

O Ibama e o Ministério Público do Mato Grosso realizaram operação no estado para combater fraudes em autorizações para retirada de vegetação nativa.

 

A ação resultou, até o momento, na aplicação de 41 autos de infração, que totalizam  R$ 9 milhões de reais em multas.

 

As irregularidades identificadas durante a investigação provocaram o desmate de 7 mil hectares em Querência e Ribeirão Cascalheira .

 

Entre os autuados estão engenheiros, responsáveis técnicos e proprietários rurais. O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do estado foi informado sobre as irregularidades e deverá apurar a conduta dos profissionais autuados.

 

Os técnicos apresentaram documentos ao órgão ambiental classificando a vegetação a ser suprimida como Cerrado, mas após vistoria foi constatado que as propriedades rurais alvo da operação abrigavam espécies do bioma Amazônia.