17/12 – CONHEÇA A HISTÓRIA DA PEDRA DO SOL, O CALENDÁRIO ASTECA DE 21 TONELADAS

Um calendário asteca foi descoberto em 17 de dezembro de 1790, na capital mexicana. Conhecido como Pedra do Sol, o artefato passou cerca de duzentos anos enterrado e representa o conhecimento astronômico da civilização local antes da invasão espanhola destruir o Império Asteca. A descoberta aconteceu por acaso durante obras de urbanização no centro da Cidade do México, no lado sul da praça principal, em uma área próxima ao canal que corria próximo ao Palácio Nacional. Com 3,5 metros de diâmetro e quase 1 metro de espessura, o achado de 21 toneladas foi retirado praticamente intacto. Algumas teorias apontam que a pedra foi esculpida na década de 1470, durante o reinado do imperador Axayacatl. Mas outras linhas de pesquisa indicam que Montezuma encomendou o Calendário entre 1502 e 1521.

audio/mpeg 17-12-20 - Historia Hoje - Pedra do Sol.mp3 — 2250 KB

Duração: 2m23s