30/06 - Cravada no território mexicano, em 1520 a capital asteca era invadida pelos espanhóis na data conhecida como Noite Triste

Em 30 de junho de 1520, um dia após a morte do imperador Montezuma, os astecas travavam uma batalha contra as tropas do colonizador Hernán Cortés. Os espanhóis foram forçados a deixar a cidade de Tenochtitlán, capital asteca, que hoje compõe o território do México. A data ficou conhecida Noite Triste. Apesar do levante dos nativos, a expulsão foi temporária e não impediu a colonização espanhola. Depois de dominar parte da costa mexicana, Cortés e sua tropa seguiram em direção à capital do império asteca. Tenochtitlán era uma das cidades mais ricas do mundo. Tinha um organizado sistema de cobrança de impostos. Todo o poder militar, religioso e político estava nas mãos do imperador Montezuma. Em novembro de 1519, os espanhóis foram recebidos pelo imperador, sem resistência e hospedados no palácio. Uma das hipóteses para a atitude de Montezuma foi ele ter confundido Cortés com o deus Quetzacoatl, que voltaria na forma de um homem branco. Mas a paz durou pouco. Dias depois, os espanhóis prenderam o imperador.

audio/mpeg 30-06-20 - HISTÓRIA HOJE - NOITE TRISTE MONTEZUMA.mp3 — 2971 KB

Duração: 3m10s




Transcrição

Apresentação: Dilson Santa Fé
Redação: Beatriz Evaristo
Sonoplastia: Messias Melo