GOVERNO QUER RACIONALIZAR USO DE IMÓVEIS PARA POUPAR RECURSOS DOS COFRES PÚBLICOS

A pandemia do coronavírus trouxe uma nova realidade para muitos brasileiros: o trabalho remoto, ou home office. E esse novo modelo, além de evitar a aglomeração de trabalhadores em locais fechados, está gerando redução de custos, principalmente para os cofres públicos. Entre abril e junho, o governo federal reduziu em mais de R$ 460 milhões os gastos em contas de luz, comunicação e viagens a serviço, por exemplo. Agora, o governo quer ampliar ainda mais esta economia, com o aproveitamento mais racional dos locais de trabalho.

audio/mpeg 07-08-20 - CAROLINE BLAUDT - ECONOMIA TELETRABALHO.mp3 — 3829 KB