Grupo russo fecha compra de fertilizantes da Petrobras em MS

Durante o evento Avançar Cidades, realizado na Câmara de Vereadores de Três Lagoas (MS), a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, anunciou nesta sexta-feira (4), que o grupo Acron, da Rússia, fechou a compra da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados (UFN3) da Petrobras. A unidade produz fertilizantes nitrogenados e teve as obras paralisadas há alguns anos.

audio/mpeg 04-02-2022 - MOMENTO AGRO - Acron UFN3.mp3 — 3308 KB

Duração: 3min01seg




Transcrição

Tereza Cristina contou que conversou com o presidente Jair Bolsonaro sobre a situação da UFN3 e ele imediatamente ligou para o presidente da Petrobras, general Joaquim Silva e Luna, e pediu celeridade neste processo. Na avaliação da ministra, a agricultura brasileira será beneficiada com a implantação da fábrica. 

Em comunicado, a Petrobras informou que chegou a um acordo contratual para a venda de 100% da UFN3 com o grupo russo Acron. Segundo a empresa, a assinatura do contrato de venda depende ainda de tramitação na governança da Petrobras, após as devidas aprovações governamentais.

Segundo a ministra, o tema será tratado com a Acron durante visita da comitiva brasileira à Rússia prevista para os próximos dias.

 A construção da UFN3 teve início em setembro de 2011, mas foi interrompida em dezembro de 2014, com avanço físico de cerca de 81%. Após concluída, a unidade terá capacidade projetada de produção de ureia e amônia de 3.600 t/dia e 2.200 t/dia, respectivamente. A conclusão da Unidade será de responsabilidade do comprador.