06/07 - Mapa lança primeiro edital de Residência Profissional Agrícola

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) lançou o primeiro edital do Programa de Residência Profissional Agrícola, cujo objetivo é selecionar projetos voltados para a qualificação técnica de estudantes e recém-formados de cursos de ciências agrárias e afins, de nível médio e superior, por meio de treinamento prático, supervisionado e orientado. Coordenado pela Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Mapa, por meio do Departamento de Desenvolvimento Comunitário, o Programa de Residência Profissional Agrícola destina-se a apoiar a formação de profissionais com as competências necessárias para plena atuação nas áreas de ciências agrárias e áreas correlatas. A política pública é voltada para jovens com idades entre 15 e 29 anos, estudantes de nível médio ou superior desde que a conclusão do curso tenha ocorrido há, no máximo, 12 meses. O secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Mapa, Fernando Schwanke, explicou que o programa visa aproximar e fortalecer a relação do universo acadêmico com a realidade da agricultura brasileira visando dar experiência profissional aos estudantes. No total, serão aplicados R$ 17,1 milhões para financiar as propostas selecionadas pelo período de dois anos. O período de envio das propostas começou no dia 29 de junho e vai até 17 de agosto de 2020. Os valores podem ser usados no custeio de bolsa para residentes de cursos técnicos de nível médio, no valor de R$ 900, e de nível superior, no valor R$ 1.200, que serão pagos mensalmente, não podendo exceder 12 parcelas. A carga horária do trabalho dos residentes será de 40 horas semanais. Para mais informações, envie um e-mail para residência@agricultura.gov.br

audio/mpeg 06-07-20 - MOMENTO AGRO - 3M03S - FINALIZADO - Residencia Agrícola.mp3 — 4312 KB

Duração: 3'03"