10/07 - Ministra esclarece a investidores estrangeiros que regularização fundiária será importante para preservação da Amazônia

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina participou nesta quinta-feira (8) de reunião virtual com representantes de fundos de investimentos estrangeiros, ao lado do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e dos ministros da Casa Civil, Braga Netto, das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, das Comunicações, Fabio Faria, do Meio Ambiente, Ricardo Salles e do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. O motivo do encontro foi uma carta que o governo recebeu desse segmento na qual manifestaram preocupações relacionadas ao desmatamento na Amazônia. A ministra esclareceu aos investidores que o projeto de lei que trata da regularização fundiária (PL 2.633), que tramita no Congresso Nacional, será importante para a preservação ambiental da Amazônia. Segundo ela, houve uma distorção sobre os efeitos da medida. A ministra também explicou que a proposta não retirou nenhuma determinação da legislação vigente. O vice-presidente aproveitou a reunião para esclarecer as dúvidas dos investidores e reafirmar o compromisso do governo brasileiro em combater o desmatamento ilegal e promover atividades econômicas sustentáveis na região. Segundo Mourão, o crescimento do Brasil no setor agropecuário pode gerar pressões externas para o país. O governo também deixou claro na reunião que agricultura de exportação brasileira não é feita na Amazônia e nem precisa avançar sobre essas terras. São áreas que não contam com infraestrutura de transporte e cujos solos não são adequados ao plantio. Hoje, o bioma amazônico responde por apenas 2% da produção agrícola e 14% da pecuária.

audio/mpeg 10-07-20 - MOMENTO AGRO - 4M01S - FINALIZADO - Reunião com investidores estrangeiros.mp3 — 5655 KB

Duração: 4'01"