Ministra entrega prêmio Selo Mais Integridade à 16 empresas e cooperativas

Estimular, reconhecer e premiar práticas de integridade por empresas do agronegócio sob a ótica da responsabilidade social, sustentabilidade, ética e no combate a corrupção é o objetivo do Selo Mais Integridade do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), entregue nesta terça-feira (10) pela ministra Tereza Cristina à 16 empresas do setor. Este é o segundo ano da concessão do selo, sendo que 10 empresas recebem a premiação pela segunda vez. A ministra destacou a importância do Selo Mais Integridade para o produtor não só no reconhecimento, mas pelas necessidades exigidas pelos novos mercados que o Brasil tem atingido e principalmente atendendo aos anseios da sociedade. O Mapa foi pioneiro entre os ministérios do Governo Federal na implementação de um selo setorial alinhado ao Programa de Fomento à Integridade da Controladoria-Geral da União (CGU). A secretária de transparência e prevenção da CGU, Claudia Taya, parabenizou a ministra Tereza Cristina pela iniciativa e ressaltou o avanço do ministério no programa de integridade. O diretor de operações da Baldone Produtos Naturais, Gustavo Delfino, disse que o selo gerou confiança na qualidade dos produtos e abriu portas para exportação. Estudos mostram que empresas de todos os setores perdem em torno de 3% a 5% do seu faturamento com fraudes, subornos de atos de corrupção.

application/octet-stream 10-12-2019 MOMENTO AGRO Projeto de Inovação na Amazônia Legal 02M29s FINALIZADO.mp3.sfk — 50 KB

Duração: 2'29"