Projeto vai levar inovação e sustentabilidade a produtores da Amazônia Legal

Levar inovação e sustentabilidade a produtores da Amazônia Legal é o objetivo do projeto de Inovação nas Cadeias Produtivas da Agropecuária para a Conservação Florestal na Amazônia Legal, lançado nesta segunda-feira (9) pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina. O projeto será implantado de 2020 a 2024 em cinco estados: Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Tocantins. As ações buscam criar ferramentas para acompanhar a situação socioambiental dessas cadeias produtivas, gerar agregação de valor aos produtos dos setores com bons índices de sustentabilidade e fornecer assistência técnica e gerencial para os produtores com baixos índices de sustentabilidade. A ministra destacou que o projeto permitirá o acesso dos produtores à tecnologia e melhores práticas de produção, principalmente entre os pecuaristas, incluindo-os no sistema produtivo sustentável. Para o embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witshel, a iniciativa mostra o compromisso do Brasil em produzir de forma sustentável e em cumprir o Código Florestal Brasileiro. A iniciativa integra o portfólio de cooperação entre Brasil e Alemanha. O governo alemão, por meio do banco de desenvolvimento do país (KfW), irá doar 25,5 milhões de euros e o Ministério aplicará 12 milhões de euros e vai gerenciar e monitorar o projeto, o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) atuará como agente financeiro e o KfW será a agência financiadora.

audio/mpeg 10-12-2019 MOMENTO AGRO Projeto de Inovação na Amazônia Legal 02M29s FINALIZADO.mp3 — 2332 KB

Duração: 02'29"