13/03 Queremos cada vez mais mulheres no agronegócio”, defende ministra Tereza Cristina

Responsável por alavancar a economia brasileira, o agronegócio tem ganhado, cada vez, mais a presença feminina no campo ou na condução dos negócios. Em todo o país, 19% dos estabelecimentos rurais já são dirigidos por mulheres, totalizando quase 947 mil que trabalham como produtoras, superando os 13% registrados em 2006, segundo dados do Censo Agro 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Durante evento realizado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a ministra Tereza Cristina destacou os desafios enfrentados pelas mulheres no campo e afirmou que a tendência é de crescimento do número delas no agronegócio. Tereza Cristina ressaltou a diferença que as mulheres têm feito no campo ao suceder seus pais e ou maridos na condução dos negócios. Ela lembrou que, em geral, as mulheres têm jornadas duplas ou até triplas, não importando se são de baixo ou alto poder aquisitivo se dirigindo a cerca de 100 servidoras presentes no encontro promovido pela Seção de Qualidade de Vida, ligada à Coordenação-Geral de Administração de Pessoas do Mapa. Foi feito ainda o lançamento do folder Censo Agro 2017, elaborado pela pesquisadora Cristina Arzabe, da Embrapa, destacando informações referentes às mulheres rurais obtidas com o levantamento do IBGE. A pesquisadora apresentou também um material da coleção Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS 5) relacionada à igualdade de gênero de acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU).

audio/mpeg 13-03-2020 Momento Agro -Dia Internacional da Mulher 02M37s FINALIZADO.mp3 — 2461 KB

Duração: 02'37"