Queda nos preços da cebola anima consumidores, mostra Boletim Prohort

Uma boa notícia para quem costuma usar a cebola no cardápio, depois de vários meses de altas consecutivas desde novembro do ano passado a hortaliça finalmente vem baixando de preço. A pesquisa foi feita nas principais centrais de abastecimento do país para o Boletim Prohort divulgado nesta quinta-feira (17) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Mesmo mais barata, os valores da cebola ainda estão longe das cotações do produto no mesmo período em 2017/2018. De acordo com o estudo, o preço hoje custa mais caro que o dobro dos anos anteriores. A gerente do mercado hortigranjeiro da Conab, Joyce Fraga explica os motivos que levaram esse cenário. O Prohort traz como referência os números das Ceasas no mês de setembro com os possíveis reflexos para os mercados futuros. Entre as hortaliças o boletim destaca também a batata que mostrou tendência de queda nos mercados analisados e o tomate que continua baixando de preço e seque como favorito nas listas de compras. No caso das frutas, o mamão é o produto da vez os menores preços são para a variedade papaia. Os dados do Prohort são coletados nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Goiás, Ceará, Pernambuco e no Distrito Federal. O relatório completo fica na página da companhia em www.conab.gov.br

audio/mpeg 18-10-2019 MOMENTO AGRO 10º boletim Prohort 02M50s FINALIZADO.mp3 — 2655 KB

Duração: 02'50"