Parceria entre Brasil e Índia na produção de etanol foi defendida pela ministra Tereza Cristina

Uma parceria entre o Brasil e Índia para ampliar a produção de etanol foi defendida pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina nesta quinta-feira (22), em Nova Déli (Índia), no Seminário sobre Oportunidades em Energia e Mineração. Tereza Cristina destacou que Brasil e Índia são responsáveis por aproximadamente 55% da produção mundial de cana-de-açúcar e 35% da produção global de açúcar. No caso do etanol, o Brasil fabrica mais de 30 bilhões de litros, o segundo maior produtor do mundo, enquanto que a produção indiana foi de apenas 1,5 bilhão de litros em 2018. Segundo a ministra, o aumento da fabricação de etanol pela Índia ajudará na regulação do preço do açúcar no mercado mundial, que está em queda. Tereza Cristina esteve também no encerramento do Encontro Empresarial sobre Complementariedade e Parceria em Segurança Alimentar, que reuniu representantes do Fórum dos Importadores de Alimentos da Índia e da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Estimativas das Nações Unidas apontam que a Índia deve se tornar o país mais populoso do mundo até 2030, ultrapassando a China. Diante desta projeção, a ministra destacou que o Brasil tem condições de ser o principal fornecedor de proteína animal para os indianos. A partir desta sexta-feira (24), a ministra integrará a delegação do presidente Jair Bolsonaro no país. Está prevista, no sábado (25), a assinatura de até 12 acordos comerciais. Um deles deve contemplar o setor de etanol.

audio/mpeg 23-01-2020 MOMENTO AGRO Parceira Brasil e Índia 03M09s FINALIZADO.mp3 — 2959 KB

Duração: 03'09"