Novos adidos agrícolas assumem missão no exterior

Os novos adidos agrícolas começaram a tomar posse nas representações diplomáticas brasileiras no exterior. Antes de iniciarem a missão, os nove adidos foram recebidos pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina no último dia 8 do mês. O secretário-adjunto de Comércio e Relações Internacionais (SCRI) do Mapa, Flávio Bettarello, falou que no encontro a ministra passou orientação a eles para que possam engrandecer a missão de levar o agronegócio brasileiro para o mundo e diversificar a pauta de exportação. Um dos papeis do adido é identificar as oportunidades, os desafios e as possibilidades de comércio, investimentos e cooperação para o agronegócio brasileiro. Betarello destaca que o Ministério trabalha para harmonizar a política agrícola doméstica com a internacional. No caso da China, por exemplo, buscaram-se oportunidades para o melão, que é uma fruta economicamente importante para a Região Nordeste. No Peru, pela proximidade geográfica com o Acre, o interesse é incrementar as vendas de carne suína. Em janeiro e fevereiro deste ano, os novos adidos agrícolas se apresentarão nos seguintes países: China, Reino Unido, Singapura, Itália (sede da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação – FAO), Rússia, Estados Unidos, Japão, Bélgica (sede da Comissão Europeia) e Peru.

audio/mpeg 24-01-2020 MOMENTO AGRO Novos Adidos Agrícolas 02M15s FINALIZADO.mp3 — 2115 KB

Duração: 02'15"