25/08 Produção brasileira de grãos deve atingir 278 milhões de toneladas na safra 2020/21

O Brasil poderá colher 278,7 milhões de toneladas de grãos na safra 2020/21, o que representa aumento de 8%, segundo cálculos estatísticos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Os dados fazem parte das Perspectivas para a Agropecuária Safra 2020/21 – Edição Grãos, divulgadas nesta terça-feira (25) pela Companhia. Os cálculos foram feitos com base em inúmeros dados de campo, previsões climáticas e imagens de satélites. Esse volume representa a produção de 15 grãos, sendo que milho, soja, algodão, arroz e feijão participam com 95% do total. A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, participou da live de apresentação dos dados e ressaltou que os resultados são fruto do esforço do setor produtivo e de investimentos do governo para ampliar os recursos financeiros, facilitar o acesso a novos produtos, principalmente na linha dos bioinsumos, diminuir entraves burocráticos e disponibilizar informação de qualidade para todo o setor. O presidente da Conab, Guilherme Bastos, destacou a produção recorde e explicou que os números envolvem a safra passada e a responsabilidade da companhia com os dados. A safra de soja é prevista pela Conab em 133,5 milhões de toneladas e a de milho, em 112,9 milhões de toneladas no próximo ano. Ao final da live, a ministra Tereza Cristina também destacou que hoje o Brasil não enfrenta problemas de abastecimento de alimentos. Para mais informações sobre a Perspectiva para Agropecuária 2020/21, acesse o site da Conab: www.conab.gov.br

audio/mpeg 25-08-2020 MOMENTO AGRO Perspectiva Agro FINALIZADO 104M10s.mp3 — 5688 KB

Duração: 04'10"