Exportações de frutas crescem mais de 20% de janeiro a abril

Vendas para o exterior têm se tornado uma boa opção para médios e grandes produtores manterem a rentabilidade

audio/mpeg 5 Bol Prohort Mapa.mp3 — 3114 KB

Duração: 3m19s




Transcrição

A exportação de frutas brasileiras cresceu 21,39% nos quatro primeiros meses deste ano, de acordo com o 5º Boletim Prohorte divulgado nesta terça-feira (18), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A comparação é feita com mesmo período do ano passado e o principal destino das exportações é o continente europeu. As vendas para o exterior têm se tornado uma boa opção para médios e grandes produtores manterem a rentabilidade diante da situação de uma boa safra e de uma menor demanda no mercado interno conforme explica o superintendente de Estudos Agroalimentares e da Sócio Biodiversidade da Companhia, Marison Marinho.

Já nas hortaliças o destaque no último mês ficou com o aumento nos preços do tomate, a variação chegou a mais de 50% como é o caso da Central de Abastecimento de Vitória. A gerente de Estudo do Mercado Hortigranjeiro da Conab, Joyce Fraga comenta os motivos dos aumentos e trás dados dos demais produtos.

Neste mês o boletim apresenta também uma análise da comercialização de flores e plantas ornamentais produzidas pelo país durante esse período de pandemia. As estatísticas do comércio de flores e plantas ornamentais são cada vez mais fundamentais para o acompanhamento e desenvolvimento de políticas públicas para o setor, conforme analisa o diretor de Política Agrícola e Informações da Conab, Sérgio De Zen.

No site da Conab www.conab.gov.br você pode acompanhar mais detalhes sobre o mercado atacadista de hortifrutis do Brasil e a análise do setor de flores e plantas ornamentais.