18/09 Promoção dos produtos brasileiros e abertura de novos mercados foram temas de encontro virtual de adidos agrícolas

Promover iniciativas para abrir novos mercados, promover os produtos brasileiros e atrair novos mercados esse foi o resultado do 2° Encontro dos Adidos Agrícolas brasileiros, encerrado nesta sexta-feira (18). Foram quase 500 reuniões em cerca de 90 salas virtuais, com a participação de 46 instituições. Os adidos, que estiveram reunidos durante toda semana, promovem iniciativas para abrir novos mercados, promover os produtos brasileiros e atrair novos investimentos. Ao encerrar o encontro, o secretário executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, ressaltou o desempenho desses servidores nas negociações internacionais já que o Brasil se tornou uma potência agroambiental. O presidente da Apex-Brasil, Sergio Segovia, comemorou o resultado do encontro realizado em formato virtual, que, segundo ele, permitiu construir um retrato único do atual estágio de parceria público privada em relação ao agronegócio brasileiro. Segovia afirmou que a ação coordenada entre Apex-Brasil e os ministérios das Relações Exteriores e o da Agricultura, Pecuária e Abastecimento se consolida cada vez mais. O Mapa conta, atualmente, com 24 adidos agrícolas lotados em 22 países (China e Bruxelas contam com dois adidos). A ministra Tereza Cristina, na abertura do encontro dessa segunda-feira (14), comunicou que irá ampliar novos postos de adidos para Paris (OIE e OCDE), Berlim (Alemanha) e Camberra (Austrália). Os países foram escolhidos por sediarem a Organização Mundial da Saúde Animal e a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, para ampliar a comunicação do agro brasileiro na Europa e por serem importantes players no mercado agrícola mundial.

audio/mpeg Adidos Agrícolas.mp3 — 2941 KB

Duração: 03'13"