Selo Mais Integridade prorroga inscrições até 21 de junho

Podem se inscrever empresas e cooperativas do agronegócio que adotem práticas de integridade com enfoque na responsabilidade social, sustentabilidade, ética e comprometimento de impedir fraudes, suborno e corrupção.

audio/mpeg Selo Mais Integridade.mp3 — 2862 KB

Duração: 3m03s




Transcrição

O prazo para as inscrições no Selo Mais Integridade 2021/22 foi prorrogado para o dia 21 de junho. A portaria com a mudança na data foi publicada no Diário Oficial da União na quinta-feira (13). 

As inscrições podem ser feitas pelo site do Mapa em www.agricultura.gov.br. Podem se inscrever empresas e cooperativas do agronegócio que adotem práticas de integridade com enfoque na responsabilidade social, sustentabilidade, ética e comprometimento de impedir fraudes, suborno e corrupção. A cerimônia de entrega do Selo está prevista para janeiro de 2022. Esta é a quarta edição da premiação.

O chefe da Assessoria Especial de Controle Interno do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Claudio Torquato, destaca a importância do selo no incentivo para que as empresas e cooperativas brasileiras adotem práticas de prevenção a corrupção e responsabilidade social e ambiental.

Para conquistar o Selo Mais Integridade, a organização precisa cumprir os seguintes requisitos: ter um programa de compliance, código de ética e conduta, canais de denúncia efetivos; promover ações com ênfase na responsabilidade social e ambiental e treinamentos para melhoria corporativa; estar em dia com as obrigações trabalhistas; não ter multas relacionadas ao tema nos últimos dois anos; não ter casos de adulteração ou falsificação de processos e produtos fiscalizados pela Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA); ter ações de boas práticas agrícolas enquadradas nas metas de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas e não ter cometido crimes ambientais nos últimos 24 meses.