Mapa lança novo sistema de informações de pescadores

Com o sistema, os profissionais poderão realizar o cadastro ou atualizar a situação de forma on-line, além de dar início à regularização dos que estão exercendo a atividade de pesca por meio de protocolo.

audio/mpeg Sistema informatizado de pesca.mp3 — 3181 KB

Duração: 3m20s




Transcrição

 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) lançou, nesta terça-feira (29), o Sistema Informatizado de Registro da Atividade Pesqueira (SisRGP 4.0) para realizar o cadastramento e recadastramento dos pescadores profissionais de todo o país. A cerimônia de lançamento ocorreu no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro e da ministra Tereza Cristina.

Com o sistema, os pescadores poderão realizar o cadastro ou atualizar a situação profissional de forma on-line, além de dar início à regularização dos que estão exercendo a atividade de pesca por meio de protocolo.

O presidente Jair Bolsonaro, destacou o potencial pesqueiro do país.

A ministra Tereza Cristina disse que o novo sistema se tornou estratégico no Ministério da Agricultura para regularizar a situação desses trabalhadores.

O cadastramento e recadastramento serão realizados por etapas, conforme cronograma da Secretaria de Aquicultura e Pesca do Mapa. Na primeira etapa, de 6 de julho a 31 de agosto, devem realizar a atualização cadastral no sistema apenas os pescadores com inscrição como residentes no estado de Pernambuco e que tenham Licença de Pescador Profissional (carteirinha de pescador) na situação atendida.

O secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif, comemorou o lançamento do sistema. 

Os pescadores profissionais atuantes no país, seja na categoria artesanal como na industrial, acessarão o sistema diretamente, sem intermédio de associações e entidades, conhecidas como colônias. Após o preenchimento de todos os dados e informações necessários, o pescador receberá imediatamente a carteira de pescador em formato digital com QR Code.