18/3 - Lydia Rebouças fala da nova ética social imposta em tempos de quarentena devido ao coronavírus

Vice-reitora da Universidade da Paz (Unipaz), a psicóloga Lydia Rebouças nos deu uma entrevista abordando uma questão igualmente importante nos dias de hoje, em que avança a transmissão do coronavírus: saber viver o momento de quarentena, voltando-se para coisas antes negligenciadas, como tomar sol, alimentar-se bem, cuidar da mente para não entrar no negativismo. Enfim, vigiar e orar. Seguir confiante!

audio/mpeg 18 -03-20 - VIVA MARIA QUARTA FEIRA - OK.mp3 — 5302 KB

Duração: 5m39s




Transcrição

A psicóloga fala que, mesmo que tenhamos que nos afastar do contato físico das pessoas, é momento de nos aproximarmos de todos pelo olhar, pela solidariedade e o pensamento de empatia. Ela também destacou que agora é hora de quietude do Planeta. Um mundo em todo mundo corria o tempo todo e pode ser um prenúncio de que tínhamos que encontrar o caminho do meio, sem apelar a todo mundo para a urgência da vida. O recado é: viver mais plenamente. E usar a quarentena para refletir mais sobre as pequenas coisas. Afinal, o coronavírus nos convida ao recolhimento. E temos que cuidar para que a mente não entre no negativismo. A mensagem é: não entrar em pânico, mesmo se você estiver na espera pelo resultado de um exame por ser considerado caso suspeito de coronavírus.