31/01 - JORNALISTA FALA SOBRE BONS HÁBITOS A SEREM CULTIVADOS PARA BLINDAR O CORPO CONTRA O CORONAVÍRUS

No Dia Mundial do Mágico, Viva Maria compartilha a perplexidade frente a decisão da China, epicentro da epidemia do coronavírus, de erguer um hospital com mil leitos em apenas seis dias. Cá pra nós, o feito está mais pra milagre do que para mágica. De qualquer forma, tão difícil quanto construir esse empreendimento em tão pouco tempo é tentar deter essa epidemia batizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como doença respiratória aguda, responsável pela contaminação de mais de 7,7 mil pessoas e a morte de 170. No Brasil, estão sendo monitorados nove casos considerados suspeitos. E justo por causa desse aumento tão expressivo da epidemia, que já se espalhou por 18 países, a OMS declarou emergência sanitária global ontem (30). E, diante desse alerta, cresce também a onda de pânico pelas redes sociais. Fake news é o que não falta. Aliás, desde a divulgação dos primeiros casos, a origem do coronavírus é alvo de grandes debates na internet. Isso ganhou tal força que há uma série de vídeos que mostrariam chineses comendo morcegos em meio à eclosão do vírus na cidade de Wuhan. Um dos vídeos mostra uma chinesa sorridente mostrando um morcego cozido para a câmera dizendo que tinha gosto de frango. O vídeo causou revoltas e alguns internautas começaram a culpar os hábitos alimentares dos chineses pela expansão da doença. Com tudo isso, nossa amiga jornalista Sônia Hirsch conversa com a gente sobre todo esse alarmismo.

audio/mpeg 31-01-20 - VIVA MARIA SEXTA - OK.mp3 — 6094 KB

Duração: 5m52s